Neto, da Chapecoense, diz que vida é curta para ter raiva por acidente

“Não consigo ter raiva do que o piloto fez”, afirmou o atleta, que segue em recuperação

(Foto: Sirli Freitas / Chapecoense)

O zagueiro Neto, da Chapecoense, disse não ter raiva ou guardar mágoa do piloto ou dos envolvidos no acidente de avião que levava a equipe de futebol para a Colômbia, em novembro. A declaração foi dada em entrevista coletiva, realizada na última terça-feira (10).

O atleta, de 31 anos, disse que a vida é curta demais para se guardar mágoa de alguém. Veja a declaração:

“Não fico com raiva de ninguém, não. Lógico que foi uma loucura o que aconteceu. Eu lembro bem, a gente estava tranquilo, mas não consigo ter raiva do que o piloto fez. Creio que na nossa vida, quando se lê a Bíblia, você entende o que Deus quer da nossa vida, ele deu livre arbítrio pra cada um e muitos vivem vida de rei aqui, roubando, eu consigo entender que a vida não é só isso para cada. A vida é curta, passa rápido. Se perguntar para um idoso de 80 anos, ele vai falar que a vida passa rápido.”

Neto descartou, também, a hipótese de ter conseguido sobreviver por ser um atleta. “Muitos falavam que eu fiquei vivo oito horas sem socorro porque eu sou um atleta, mas não tem nada disso. Foi Deus que me permitiu ficar vivo”, disse.

MAIS
Neto, da Chape, só não ficou paraplégico porque foi salvo por uma placa de 48 milímetros

O zagueiro falou, ainda, sobre a perspectiva de voltar a campo. O retorno deve demorar seis meses. “Pra mim tem sido tudo muito demorado, com algumas dores ainda, tive algumas fraturas. Não é mais o Neto de antes do acidente. Tenho que ter paciência. Eu fico muito em casa, procuro ver futebol, eu assisti à Copa São Paulo e fico me imaginando quando voltar. Hoje quando eu me vejo entrando em campo eu me emociono e eu sei que não vou poder me emocionar como eu me emociono hoje, mas isso vai ter que acontecer e eu vou ter que estar preparado”, afirmou.

MAIS
Depois de prever a tragédia da Chapecoense, médium diz que o pior vai acontecer agora

Comente com o Facebook

comentários