Estudante vende balas em semáforo, arrecada R$ 5 mil e paga festa de 15 anos

Com a ajuda da irmã, Kamylla do Nascimento Alvarenga foi atrás do sonho de ter um baile de debutante

A estudante Kamylla do Nascimento Alvarenga chamou a atenção do noticiário goiano ao financiar a própria festa de 15 anos. Ela conseguiu o dinheiro vendendo balas em um semáforo de Goiânia.

Kamylla precisava de R$ 5 mil para a festa. A adolescente contou com a ajuda da irmã, Thaís de Souza Nascimento Leite, de 22 anos, para vender jujubas em um semáforo durante quase um mês. Além disso, rifaram uma bicicleta.

(Foto: Reprodução / Frederico Carvalho)
(Foto: Reprodução / Frederico Carvalho)

Em entrevista ao G1, Kamylla detalhou os gastos que teve com a festa. “A decoração foi toda rosa. Aluguei um espaço de festa, contratei DJ, compramos salgadinhos, bebidas e contratamos um fotógrafo. Eu consegui alugar dois vestidos. Usei primeiro um salmão e depois, um creme, quando dancei a valsa com o meu irmão”, contou.

Kamylla conseguiu, de graça, itens para a decoração da festa (que foi organizada por ela e pela irmã) e preparação de cabelos, unhas e maquiagem. Todo o restante foi pago com o dinheiro arrecadado por ela.

(Foto: Reprodução / Frederico Carvalho)
(Foto: Reprodução / Frederico Carvalho)

A adolescente teve que correr atrás de seu sonho porque a mãe dela, a costureira Ana Lúcia de Souza Nascimento, de 46 anos, está desempregada. Ela conta que não gostou da ideia de início, mas ficou contente com o resultado conquistado.

“Tenho muito orgulho das duas porque batalharam, correram atrás do sonho. Elas já aprenderam a lutar pelo que querem, já estão vendo que nada é moleza. Tudo tem que correr atrás”, disse a mãe.

(Foto: Reprodução / Frederico Carvalho)
(Foto: Reprodução / Frederico Carvalho)

Comente com o Facebook

comentários